Após decisão do STF, Petrobras solicita registro de oferta de ações da BR

10 de junho de 2019 - 14h30
Segmento: Empresas
Fonte: Lopes Filho

A Petrobras solicitou à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) o registro do follow-on (oferta pública de ações) da BR Distribuidora. No mês passado, a companhia já havia anunciado a venda de uma fatia da sua participação com a intenção de diminuir sua parte de 71,25% para menos de 50%.

A solicitação aconteceu um dia após o STF (Supremo Tribunal Federal) decidir que a venda de subsidiárias de estatais não precisa passar por autorização do Congresso.

Na visão de Diana Stuhlberger, a diminuição da participação é positiva. “São dois os motivos: primeiro porque aumentará a liquidez das ações, uma vez que atualmente somente 28% do capital da BR é negociada no mercado; segundo isso contribuirá para um ganho de eficiência, já que, livre do controle estatal, a BR poderá seguir políticas mais pró-mercado, aumentando investimentos”, disse.

A venda da participação da Petrobras na BR Distribuidora faz parte do plano de desenvolvimento iniciado na gestão de Pedro Parente para reduzir as dívidas da estatal. A meta é que ela se desfaça de cerca de US$ 27 bilhões até 2022.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.