Banco ABC: Top line growth matters!(?)

07 de novembro de 2019 - 10h32
Segmento: Empresas
Fonte: Lopes Filho

O Banco ABC Brasil reportou um lucro líquido recorrente de R$ 123 milhões no terceiro trimestre, aumento de 5,9% em 12 meses. Enquanto isso, o ROAE foi de 12,5%, menor patamar dos últimos anos. A queda reflete o ambiente de lenta recuperação da economia e o momento pelo qual o banco passa, de aumento dos gastos para ampliar a inovação, a digitalização e os segmentos em que atua. Como consequência, as despesas gerais cresceram 6%. Mas o guidance de despesas de pessoal e administrativas para este ano, de 4% a 6%, está mantido. De forma geral, o resultado foi misto. Do lado positivo, verificam-se o forte crescimento do top line, com crescimento em todas as linhas componentes da margem financeira, e avanço da carteira de crédito, que teve variação positiva em todos os segmentos de atuação. Em contrapartida, houve aumento do custo de crédito e menor contribuição das receitas com serviços.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.