Banco Inter: A tal da postergação de valor das ‘techs’

07 de novembro de 2019 - 10h12
Segmento: Empresas
Fonte: Lopes Filho

O Banco Inter reportou um lucro líquido de R$ 12 milhões no 3T19, redução de 64% T/T e 38% A/A. O Retorno sobre o Patrimônio Líquido médio (ROAE) foi de 3,0% no trimestre (vs. 8,2% no 3T18), pressionado pelo aumento de capital decorrente do follow-on. De forma geral, mais um trimestre de avanço operacional. O Banco registrou 3,3 milhões de correntistas digitais ao final do 3T19, número 3 vezes maior que o 3T18. Do lado de investimentos, o total de pessoas ativas na plataforma PAI foi de 338 mil clientes, crescimento de cerca de 300% em 12 meses. Além disso, o volume de solicitações de portabilidade continuou crescendo (+76% A/A), novas modalidades de seguros foram implementadas (plano odontológico e seguro auto contra terceiros), o cross selling de produtos aumentou (2,55 produtos por clientes vs. 2,28 no 3T18), o nível de satisfação permaneceu elevado (67 pontos vs. 60 pontos no 3T18) e há uma potencial aquisição de parte da DLM Invista no radar.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.