Banco Inter: sem venda da Inter Seguros, lucro teria reduzido 82%

13 de agosto de 2019 - 11h48
Segmento: Empresas
Fonte: Lopes Filho

O Banco Inter divulgou o resultado do segundo trimestre e reportou um lucro líquido de R$ 33 milhões, crescimento de 91% em comparação ao mesmo período do ano passado. O número contou com o ganho de cerca de R$ 40 milhões decorrente da venda de parte da Inter Seguros para a Wiz. Excluindo esse impacto, o lucro bruto teria reduzido 82%. “Como esperado, os resultados financeiros permaneceram tímidos no segundo trimestre, refletindo o modelo de negócio digital isento de tarifas e em fase de consolidação. Mas também apresentou expansão de produtos e serviços”, disse Tatiana Brandt, analista da Eleven Financial.

O número de contas digitais chegou a 2,5 milhões, sendo que a abertura atingiu 10 mil por dia em junho. No âmbito de serviços, as receitas cresceram 115% com destaque para corretagem de seguros, rendas de intercâmbio e comissões e colocações de títulos.

Enquanto isso, as despesas gerais aumentaram 74%, impulsionadas por maiores gastos com pessoal (+42%), administrativos (+96%) e operacionais (+386%).

O custo de aquisição de cliente foi de R$ 19,53, redução frente aos R$ 20,26 do mesmo período do ano passado, explicada por menores custos operacionais e de marketing.

No segmento de crédito, a carteira atingiu R$ 4 bilhões, aumento de 44%. Para imobiliário cresceu 35%; para empresas, 46%; pessoal, 6% e cartão de crédito, 213%. Com relação à qualidade das operações, o índice de atrasos acima de 90 dias foi de 4,4%, melhora de 0,4 ponto percentual.

Após a divulgação do resultado, as ações do Banco Inter abriram com alta superior a 1%.

Segundo Brandt, o potencial de crescimento do modelo de negócio a partir do processo de transformação iniciado, além da chegada do SoftBank, já está bem precificado. “A chegada do investidor estratégico permite reforço para o capital de modo a sustentar a continuidade do crescimento operacional futuro do Banco Inter, o que levou a ação para um novo patamar”, completou.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.