Cade aprova joint-venture da Randon e Triel-ht

11 de julho de 2019 - 13h42
Segmento: Empresas
Fonte: Lopes Filho

A Randon divulgou que fechou ontem a formação de uma sociedade com a Triel-ht e que o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou a operação. No negócio, a primeira passará a ter 51% do capital social da empresa a ser criada, a Randon Triel Implementos Rodoviários.

A Triel-ht, cujo parque fabril fica no Rio Grande do Sul, atua nos segmentos de implementos rodoviários, logística agroindustrial e viaturas especiais. A empresa conta com quatro unidades fabris para atendimento do mercado interno, destino de 80% da produção, e externo, para onde vão 20%. Dentre os países que compram os produtos estão Chile, Peru, Uruguai, Bolívia, Colômbia, Equador e Paraguai.

O investimento inicial da operação é de R$ 16 milhões, mais uma transação anunciada neste ano pela Randon. No mês passado, a companhia comunicou que abrirá uma subsidiária no México no segmento da sua filial Suspensys. A nova empresa ficará localizada em Apodaca, região metropolitana de Monterrey.

Na ata da reunião do conselho de administração, que aprovou a operação, a companhia diz que o seu objetivo é ampliar a atuação no mercado externo, principalmente, na América Latina e nos Estados Unidos.

Segundo Flávia Ozawa, analista da Eleven Financial, as empresas brasileiras que atuam na cadeia automotiva têm procurado fortalecer a relação com outros países como forma de compensar a queda nas exportações, devido à situação econômica na Argentina, principal destino dos produtos brasileiros do setor.

A previsão da companhia é que as atividades da Randon Triel Implementos Rodoviários comecem ainda neste ano.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.