Comissão aprova novo marco das teles, tendo Oi como maior beneficiada

11 de setembro de 2019 - 14h04
Segmento: Empresas
Fonte: Lopes Filho

A Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado aprovou, sem alterações, o projeto que atualiza o marco legal das telecomunicações no país. Agora, o texto segue para o plenário da Casa e depende de um acordo para a votação acontecer ainda hoje.

Mas um requerimento de urgência que permite votação imediata já foi aprovado.

A Oi, por estar em processo de recuperação judicial, é a operadora que mais pode ser beneficiada com a aprovação, pois o projeto que está tramitando no Congresso permite que as empresas de telefonia fixa migrem do regime de concessão para o de autorização, em que há preços livres.

Sem a atualização do marco das telecomunicações, a Oi apresentou uma receita de R$ 1,9 bilhão no segmento residencial no segundo trimestre, uma redução de 12,1% em comparação com o mesmo período do ano passado, penalizada pelo desuso da telefonia fixa e também pela competição dos players locais de internet.

Segundo Flávia Ozawa, analista da Eleven Financial, a estratégia da Oi para essa frente é de crescimento na oferta de fibra ótica, um serviço de maior margem e demanda crescente.

Após as aprovações do projeto na comissão e do requerimento de urgência, as ações da Oi chegaram a subir 4% hoje.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.