Copel - Temporada de resultados 1T19: Quanto mais quente melhor

15 de maio de 2019 - 10h37
Segmento: Empresas
Fonte: Lopes Filho

No 1T19, a receita líquida cresceu 14,5% a/a, em razão da: (i) recuperação de volumes no mercado cativo de distribuição (+4,7%); (ii) aumento de consumo no mercado livre industrial; e (iii) entrada em operação de novos ativos de geração (UHE Baixo Iguaçu e Colíder). No segmento de distribuição, o aumento do volume de energia no mercado cativo foi influenciado pelo aumento no consumo na classe residencial (+8,1%) e comercial (+6,9%), que representam 63% do volume total do mercado cativo. O aumento no consumo foi em razão de temperatura mais altas, principalmente no mês de janeiro e da recuperação de vendas no comércio varejista do Paraná.   O EBITDA de R$ 1.092 milhões no 1T19 foi positivamente afetado pelo aumento nas receitas e pela redução dos custos gerenciáveis, que apresentaram queda de 2,4% a/a (ajustado por despesas não-recorrentes), com destaque para o custo pessoal, que apresentou retração de 4,9% a/a (ajustado pelos efeitos não recorrentes). Por outro lado, o custo gerenciável aumentou 18,4%, em razão da maior quantidade de energia comprada e pela liquidação na CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica) de exposições financeiras na Copel Distribuição. O EBITDA por área de negócios foi assim distribuído: 55% geração e transmissão, 30% distribuição, 11% outros e 4% telecom.  A dívida líquida atingiu R$8,8 bilhões (+4,8% a/a), com dívida líquida de/EBITDA de 2,6x (3,3x no 1T18). Atualmente, 60% dívida está indexada ao TJLP e 35% ao CDI. No 1T19, o investimento total foi de R$ 360 milhões (-46,2% a/a), representando 18% do programado para 2019. No 1T19, os investimentos por área de negócios foram os seguintes: Distribuição 57%, Geração e Transmissão 21%, Telecomunicações 15%, outros 7%.  

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.