De olho na Abertura da Bovespa

10 de junho de 2019 - 10h00
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

Os índices futuros das bolsas de Nova York e as bolsas europeias operam em alta depois de o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciar que chegou a um acordo com o México, evitando a imposição de tarifas a todos os produtos mexicanos, o que estava previsto para hoje. Na China, as exportações medidas em dólares subiram 1,1% na comparação anual. Já as importações em dólares caíram 8,5% em maio ante igual mês do ano passado. Com isso, o superávit comercial aumentou para US$ 41,65 bilhões. Na agenda da semana, tem o índice de preços ao consumidor (CPI) chinês de maio, que será divulgado na terça-feira, além da produção industrial e dos investimentos em ativos fixos do país, que serão divulgados na quinta-feira; o CPI de maio americano, que será divulgado na quarta-feira, e a produção industrial de maio, divulgada na sexta-feira; por fim, a produção industrial da zona do euro, na quinta-feira.

O S&P 500 futuro tem alta de 0,45% e o Euro Stoxx também sobe 0,17%. As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta segunda-feira após a alta inesperada nas exportações da China. Os futuros de petróleo operam mistos depois do acordo entre EUA e México, o que favorece a demanda por ativos considerados mais arriscados.

O mercado interno também pode começar o pregão hoje sob um clima mais positivo após o acordo comercial entre EUA e México, mas, quanto às questões locais, investidores continuam observando o desenrolar da reforma da Previdência. Ontem o relator da reforma, Samuel Moreira, decidiu adiar a apresentação do seu parecer sobre a reforma para quinta-feira, após discutir o tema com governadores. Moreira reuniu-se com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, e com líderes de nove partidos. O relator informou que fará mudanças na proposta do governo em relação à capitalização, que poderá incluir mais uma regra de transição, além das três sugeridas, para quem está próximo de se aposentar, e outras alterações também estão em análise. Na agenda da semana, tem as vendas no varejo de abril, que serão divulgadas na quarta-feira; a pesquisa mensal de serviços de abril, que será divulgada na quinta-feira; além do IGP-10 de junho e IBC-Br de abril, ambos na sexta-feira.

Às 9h24, o Ibovespa futuro registrava queda de 0,79%.

Segundo a nossa equipe de análise gráfica, vamos aguardar o início da sessão para ver se o Ibovespa consegue romper os 97.900 e se manter acima deste nível para reforçar call altista rumo aos 98.500. Do lado inferior, vindo a corrigir teria apoio inicial nos 97.400 e posterior em 96.800.

Lembramos que o Ibovespa é um índice, ou seja, reflete apenas o comportamento misturado das ações líderes, de modo que as análises individuais devem ser observadas no módulo de Análise Gráfica.

Bom dia e bons negócios!

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.