De Olho na Abertura da Bovespa

11 de julho de 2018 - 09h44
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

O Ibovespa futuro opera com leve alta nesta quarta-feira, em direção oposta das principais bolsas internacionais.  As tensões comerciais entre EUA e China voltam a afetar o humor dos agentes no exterior, depois que o governo norte-americano decidiu efetuar tarifação extra de 10% sobre produtos chineses que somam US$ 200 bilhões.  

Além de fatores externos, o desempenho do principal índice acionário local pode ser afetado no dia pela informação de que a Câmara não vai mais pautar o projeto de lei de privatização da Eletrobrás neste ano.  Também chama a atenção dos agentes um projeto de lei complementar, que entrou na pauta de votação de hoje na Câmara dos Deputados, que abre caminho para a criação de 300 municípios.

Às 9h44, o Ibovespa futuro registrava alta de 0,09%.

Na agenda doméstica, a FGV divulgou que o IGP-M avançou 0,41%, no primeiro decêndio de julho, registrando taxa inferior a apurada em junho, quando o índice havia subido 1,50%. No ano, o índice acumula alta de 5,82%, enquanto em doze meses o indicador avança 8,13%.

Nos EUA serão divulgados os pedidos de hipotecas na MBA na semana até 07/julho, o Índice de Preços ao Produtor (PPI) de junho, o nível de estoques no atacado de maio e o estoque de petróleo na semana até 07/julho.

Segundo a nossa equipe de análise gráfica, neste momento a análise do gráfico diário do Ibovespa mostra que a projeção imediata de Fibonacci (75.700 pontos) foi ligeiramente superada (máxima de 75.895 pontos), mas o repique perdeu o impulso e isto significa falta de sustentação para efetiva superação desta marca (e extensão dos avanços até 77.700 pontos) sem prévio congestionamento ou pequena correção.

Lembramos que o Ibovespa é um índice, ou seja, reflete apenas o comportamento misturado das ações líderes, de modo que as análises individuais devem ser observadas no módulo de Análise Gráfica.

Bom dia e bons negócios!

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.