De Olho na Abertura da Bovespa

12 de fevereiro de 2019 - 09h35
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

O Ibovespa futuro acompanha seus pares estrangeiros e sobe, apontando uma abertura positiva para os negócios no mercado à vista da B3. O principal índice acionário local pode recuperar parte das perdas recentes, uma vez que o Ibovespa acumula queda superior a 3% em fevereiro. Além do fator externo, a expectativa de que o texto da reforma da Previdência seja encaminhado à Câmara dos Deputados na próxima semana também colabora para a recuperação dos ativos locais.

A agenda econômica trouxe somente a ata da última reunião do Copom, na qual se optou novamente pela manutenção da Selic. No campo corporativo, Banrisul e BB Seguridade publicaram seus números no 4T18.

Na Europa as bolsas operam em alta, assim como os contratos futuros do Dow Jones em Nova York. Os investidores se apoiam no acordo entre congressistas norte-americanos que evita uma nova paralisação do governo, enquanto também se espera avanço nas negociações comerciais entre EUA e China.

Às 9h27, o Ibovespa futuro registrava alta de 1,27%.

Nos EUA sairão os números do Índice NFIB de otimização de pequenas empresas em janeiro e as oportunidades de emprego em dezembro.

Segundo a nossa equipe de análise gráfica, o Ibovespa oscila neste momento nas proximidades do suporte imediato de 93.425 pontos, que se for perdido indicará a possibilidade de ocorrerem novas precipitações até os objetivos de Fibonacci situados em 92.800 e 90.500 pontos.

Lembramos que o Ibovespa é um índice, ou seja, reflete apenas o comportamento misturado das ações líderes, de modo que as análises individuais devem ser observadas no módulo de Análise Gráfica.

Bom dia e bons negócios!

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.