Fechamento dos Mercados da Ásia

07 de novembro de 2019 - 08h28
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

As principais bolsas asiáticas fecharam com variações modestas nesta quinta-feira, novamente com a questão comercial no foco dos investidores.

De acordo com notícias da Reuters de ontem, uma reunião entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, para assinar um acordo comercial preliminar poderia ser adiada para dezembro. Vale ressaltar que nas últimas semanas havia a expectativa de que americanos e chineses concluíssem a chamada "fase 1" de um acordo provisório ainda em novembro.

No entanto, quando a maioria dos mercados da região já havia encerrado os negócios, o anúncio do Ministério do Comércio chinês fez com que o índice Hang Seng ganhasse fôlego. Segundo o departamento chinês, EUA e China concordaram em remover as atuais tarifas impostas a importações um do outro em etapas a partir da conclusão da “fase 1”. O porta-voz do ministério, Gao Feng, acrescentou ainda que não foi definido quando e onde um eventual acordo poderá será assinado.

O índice Xangai Composto encerrou o pregão praticamente estável, a 2.978 pontos. O japonês Nikkei subiu 0,11%, a 23.330 pontos. O sul-coreano Kospi mostrou alta marginal de 0,01%, a 2.144 pontos. O índice Hang Seng terminou em alta de 0,57%, com a 27.847 pontos.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.