Fechamento dos Mercados da Ásia

12 de junho de 2019 - 08h13
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

As principais bolsas asiáticas fecharam em baixa nesta quarta-feira, seguindo o movimento de aversão ao risco dos índices ontem em Nova York.

O pano de fundo continua sendo as tensões comerciais. Ontem, o presidente dos EUA, Donald Trump, voltou a defender o uso de tarifas como parte de sua estratégia comercial e disse que não avançará nas negociações com a China a menos que Pequim ceda em quatro ou cinco "grandes pontos". Na outra ponta, o governo chinês prometeu uma "dura resposta" se Washington insistir em intensificar as tensões comerciais. Há expectativas de que Trump e o presidente da China, Xi Jinping, se encontrem na reunião de cúpula de líderes do G20 prevista para o fim deste mês, no Japão. No entanto, a presença de Xi Jinping ainda não foi confirmada.

A desvalorização mais acentuada, porém, foi do Hang Seng, em Hong Kong, em meio a violentos protestos locais contra um polêmico projeto de lei que propõe a extradição de supostos criminosos para julgamento na China continental.

O Xangai Composto caiu 0,56%, a 2.909 pontos. O japonês Nikkei caiu 0,35% em Tóquio, a 21.129 pontos. Em Seul, o sul-coreano Kospi ,recuou 0,14%, a 2.108,75 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng caiu 1,73%, a 27.308 pontos.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.