Fechamento dos Mercados da Europa

11 de junho de 2019 - 17h31
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

Os principais mercados acionários da Europa em alta nesta terça-feira, diante das novas medidas de financiamento a grandes projetos de infraestrutura anunciadas pela China. As tensões comerciais permaneceram no radar dos investidores. Se por um lado o acordo alcançado entre Estados Unidos e México gerava certo alívio entre os agentes, do outro, as recentes ameaças do presidente norte-americano, Donald Trump, de que pretende tarifar ainda mais a China caso o presidente Xi Jinping não compareça à reunião do G20, limitaram o apetite por ativo de risco no Velho Continente.

Em Londres, o índice FTSE 100 avançou impulsionado pelo setor minerador, com destaque para a Antofagasta (+2,95%), a Anglo American (+2,44%) e o BHP Group (+2,28%). Ainda na terra da rainha, a taxa de desemprego no trimestre até abril se manteve em 3,8%, menor nível desde 1974, enquanto os salários tiveram avanço anual de 3,4% no período.

Em território alemão, as montadoras obtiveram bom desempenho na sessão, com a Daimler avançando 1,83%, a Volkswagen exibindo alta de 1,44% e a BMW subiu 1,44%. Já em Paris, a Renault cresceu 1,16% e a Peugeot, 1,15%.

FECHAMENTO DOS PRINCIPAIS ÍNDICES

Índices

Fechamento

Evolução

11/jun

No dia

Na semana

No mês

No ano

FTSE-100 (Londres)

7.398

0,31%

0,91%

3,31%

9,96%

CAC-40 (Paris)

5.408

0,48%

0,83%

3,86%

14,33%

DAX-30 (Frankfurt)

12.156

0,92%

0,92%

3,66%

15,12%

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.