Fechamento dos Mercados

10 de janeiro de 2019 - 18h21
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

Após passar boa parte do dia em campo negativo devido a falta de novidades nas negociações entre EUA e China, o Ibovespa acompanhou seus pares no exterior e fechou o pregão desta quinta-feira com ganhos. A melhora do humor dos agentes se deu pelo discurso de Jerome Powell, presidente do Fed, o qual afirmou que o comitê de política monetária da instituição não possui um plano pronto para a trajetória dos juros em 2019.

No entanto, no mesmo discurso o dirigente do Fed levou mau estar aos agentes ao afirmar que o balanço patrimonial da instituição será substancialmente menor do que o nível atual, além de informar que está bastante preocupado com o endividamento dos EUA. Depois de apresentar volatilidade durante o dia, as bolsas norte-americanas apresentavam ganhos ao final do pregão local.  A maior parte das bolsas europeias também apresentou desempenho positivo, diante da possibilidade de que o Fed adote um caminho mais lento aperto de aperto monetário. No entanto, a divulgação de indicadores abaixo das expectativas na França e na China limitou os ganhos dos mercados da região.

No mercado acionário local, as ações da Eletrobras apresentaram performance positiva, assim com as da Cemig. Os papéis da estatal mineira do setor elétrico avançaram, após o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, afirmar que pretende enviar um projeto de privatização da estatal para a Assembleia Legislativa. Por outro lado, as ações da TIM fecharam entre as maiores perdas do dia, depois que um importante player do mercado rebaixou sua recomendação para os papéis da empresa.

O Ibovespa fechou com alta de 0,20%, aos 93.800 pontos.

Bolsas norte-americanas: Às 18h19 o índice DJIA apresentava avanço de 0,21%, enquanto o NASDAQ apresentava alta de 0,24%

Bolsas europeias: na Bolsa de Paris, o CAC- 40 terminou o dia aos 4.806 pontos, com queda de 0,16%. Em Frankfurt, o DAX-30 apresentou avanço de 0,25%, aos 10.921 pontos. Em Londres, o FTSE teve alta de 0,52%, aos 6.943 pontos.

Bolsas asiáticas: índice Nikkei recuou 1,29%, a 20.163 pontos. O índice Hang Seng subiu 0,22%, a 26.521 pontos. O índice Xangai Composto perdeu 0,36%, a 2.535 pontos.O índice Kospi teve desvalorização de 0,07%, a 2.063 pontos.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.