Fechamento dos mercados

11 de julho de 2018 - 17h40
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

Os temores com o conflito comercial entre EUA e China voltaram a trazer inquietação aos investidores, pesando sobre os desempenhos dos principais índices acionários. Após alguns dias de tranquilidade, com discursos amenos e avaliações menos temerosas sobre os impactos da rixa entre as duas potências, o governo norte-americano decidiu propor uma tarifação extra de 10% sobre produtos chineses que somariam US$ 200 bilhões.

Dentre os destaques do dia, os papéis da Eletrobrás avançaram após a aprovação, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei que autoriza a venda das distribuidoras da estatal. Já as ações da Suzano Papel lideraram os ganhos do Ibovespa, refletindo a valorização do dólar. Por outro lado, as ações da Embraer estiveram entre as maiores perdas do índice, diante do anúncio de que a JetBlue encomendou 60 aeronaves da Airbus para renovação da frota existente.

As principais bolsas europeias encerraram sequências de pelo menos quatro pregões positivos, casos de DAX-30 e FTSE-100, enquanto o CAC-40 tinha registrado alta nas seis sessões anteriores. As quedas foram superiores a 1% e trouxeram os índices para o campo negativo na semana. Outro fator que pesou sobre os desempenhos dos mercados foi a forte queda do petróleo, após a Líbia anunciar que voltaria a exportar a commodity, que também foi influenciada pela maior aversão aos riscos dos investidores e pelo avanço do dólar.

O Ibovespa fechou com baixa de 0,62%, aos 74.399 pontos.

Destaques do Ibovespa: as maiores altas do índice foram SUZANO PAPEL ON (+3,63%), RAIADROGASIL ON (+2,86%) e ELETROBRAS ON (+2,19%). Por outro lado as maiores quedas foram SID NACIONAL ON (−5,02%), USIMINAS PNA (−4,44%) e EMBRAER ON (−4,34%).

Bolsas norte-americanas: o Dow Jones caiu 0,88% e o Nasdaq teve desvalorização de 0,55%.

Bolsas europeias: na Bolsa de Paris, o CAC-40 terminou o dia aos 5.354 pontos, baixa de 1,48%. O DAX-30, da Bolsa de Frankfurt, fechou com desvalorização de 1,53%, aos 12.417 pontos. O FTSE-100, da Bolsa de Londres, fechou com baixa de 1,30%, em 7.592 pontos.

Bolsas asiáticas: o Xangai Composto recuou 1,76%, aos 2.277 pontos. O Hang Seng perdeu 1,29%, ficando em 28.311 pontos. O Nikkei 225 caiu 1,19%, para 21.932 pontos. O índice Kospi teve queda de 0,59%, para 2.280 pontos.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.