Fechamento dos mercados

12 de janeiro de 2018 - 18h44
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

O Ibovespa fechou o pregão desta sexta-feira praticamente estável, com os investidores repercutindo a decisão da S&P em rebaixar a nota de crédito nacional. No entanto, a notícia não causou o efeito esperado por já ser especulado pelos agentes desde o meado de dezembro.  

As empresas do setor de educação amargaram perdas, diante da notícia de que em relatório a Controladoria-Geral da União (CGU) mostrou que estudantes de faculdades privadas beneficiados pelo programa de financiamento estudantil Fies pagam mais caro por suas mensalidades do que alunos sem o financiamento. Por outro lado, os papéis das siderúrgicas deram continuidade aos avanços contabilizados no pregão anterior.

As principais praças acionárias europeias fecharam com ganhos, diante do alívio no cenário político da Alemanha, após o acordo preliminar para a formação de um governo de coalizão. Enquanto isso, as bolsas norte-americanas operavam com ganhos, ao fechamento do pregão local, impulsionadas pela valorização das empresas do setor de tecnologia.

O Ibovespa fechou praticamente estável (-0,02%), aos 79.349 pontos.

Destaques do Ibovespa: as maiores altas foram GERDAU MET  PN (+2,54%), ECORODOVIAS ON (+2,40%) e
USIMINAS PNA (+2,04%). Por outro lado as maiores quedas foram KROTON ON (−4,33%),
SID NACIONAL ON (−3,13%) e ESTACIO PART ON (−2,63%).

Bolsas norte-americanas: às 18h16 o Dow Jones avançava 0,70%, enquanto o Nasdaq tinha alta de 0,52%.

Bolsas europeias: na Bolsa
de Paris, o CAC-40 terminou o dia aos 5.517 pontos, queda de 0,52%. O DAX-30,
da Bolsa de Frankfurt, fechou com alta de 0,32%, aos 13.245 pontos. O FTSE-100,
da Bolsa de Londres, fechou com valorização de 0,20%, em 7.779 pontos.

Bolsas asiáticas: o índice Nikkei fechou em baixa de 0,24%, a 23.653 pontos. O Xangai Composto subiu 0,10%, a 3.428 pontos. O índice Hang Seng avançou 0,94%, a 31.412 pontos. O Kospi fechou em alta de 0,34%, a 2.496 pontos.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.