Fechamento dos mercados

12 de junho de 2018 - 17h25
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

O Ibovespa fechou o pregão desta terça-feira com ligeira alta. Os ganhos apresentados pelo principal índice acionário local no início do dia foram arrefecidos pelo recuo do índice DJIA e pela cautela antes do fim da reunião de política monetária do Fed.

A desvalorização das ações dos setores bancário e de energia pesaram sobre a bolsa de NY. Além disso, já é esperada elevação da taxa de juros norte-americano, diante disso os agentes apenas aguardam uma sinalização sobre a trajetória dos juros básicos no restante de 2018. Já na Europa, as principais bolsas fecharam sem direção única, com investidores atentos aos desdobramentos da reunião entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, mas pautados também por fatores locais, como os indicadores econômicos e questões envolvendo o Brexit.

As ações da Via Varejo foram os grandes destaques de alta do Ibovespa na sessão, diante da expectativa de venda da participação do Grupo Pão de Açúcar (GPA) no capital da companhia. Os papéis da Embraer também avançaram, em meio a rumores de que o presidente Michel Temer teria dado aval positivo para a joint venture entre a empresa e a Boeing. Por outro lado, as ações da CVC Brasil voltaram a amargar as maiores perdas do índice.

O Ibovespa fechou com alta de 0,62%, aos 72.754 pontos.

Destaques do Ibovespa: as maiores altas do índice foram VIA VAREJO UNT (+8,19%), ELETROBRAS PNB (+5,95%) e EMBRAER ON (+5,22%). Por outro lado as maiores quedas foram CVC BRASIL ON (−4,52%), BRF SA ON (−2,88%) e IGUATEMI ON (-2,59%).

Bolsas norte-americanas: o Dow Jones fechou com baixa de 0,01% e o Nasdaq teve valorização de 0,57%.

Bolsas europeias: na Bolsa de Paris, o CAC-40 terminou o dia aos 5.453 pontos,  baixa de 0,38%. Em Frankfurt, o DAX-30 fechou estável, aos 12.842 pontos. Em Londres, o FTSE fechou com queda de 0,43%, aos 7.704 pontos.

Bolsas asiáticas: o  Xangai Composto avançou 0,89%, somando 3.079 pontos. O Hang Seng, de Hong Kong, subiu 0,13%, para 31.103 pontos. O índice Nikkei 225, de Tóquio, registrou elevação de 0,33%, aos 22.878 pontos. Em Seul, porém, o Kospi caiu 0,05%, ficando em 2.468 pontos.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.