Fechamento dos mercados

12 de março de 2018 - 17h44
Segmento: Mercados
Fonte: Lopes Filho

O Ibovespa fechou o primeiro pregão da semana com alta, impulsionado pela perspectiva de mais um corte na taxa Selic já na próxima reunião do Copom. O atual nível da inflação ratifica tais projeções, visto que em fevereiro o IPCA atingiu o menor patamar em 18 anos.

As ações da JBS apresentaram as maiores altas da sessão, diante de rumores de que o BNDES pretende vender fatia de 21% na empresa, sendo que fundos soberanos são potenciais compradores. Os papéis da Fibria também avançaram, diante da repercussão da notícia de que holandesa Paper Excellence apresentou proposta firme de compra empresa neste fim de semana. No entanto, as maiores altas ficaram para as ações da Eletrobrás, após o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, informar que será instalada nesta terça-feira a comissão sobre a privatização da companhia.

Nos EUA, o índice DJIA terminou o dia com perdas, pressionado pelo desempenho dos papéis do setor de energia e industrial.  Enquanto isso na Europa, a  maior parte das praças acionárias fechou em alta, ainda sob efeito do bom humor gerado globalmente pelo anúncio de geração de empregos nos Estados Unidos. A exceção ficou para o FTSE-100, ancorado nas perdas acumuladas por ações de mineradoras em virtude de declínios nas cotações de commodities.

Destaques do Ibovespa: as maiores altas foram JBS ON (+4,20%), ELETROBRAS ON (+4,10%) e ELETROBRAS PNB (+4,49%). Por outro lado as maiores quedas foram SUZANO PAPEL ON (-4,45%), EMBRAER ON (-1,04%) e TELEF BRASIL ON (-1,04%).

Bolsas americanas: o Dow Jones recuou 0,62% e o Nasdaq valorizou-se 0,36%.

Bolsas europeias: na Bolsa de Paris, o CAC-40 terminou o dia aos 5.277 pontos, alta de 0,04%. O DAX-30, da Bolsa de Frankfurt, fechou com ganho de 0,58%, aos 12.418 pontos. O FTSE, da Bolsa de Londres, recuou 0,13%, para 7.215 pontos.

Bolsas asiáticas: o Xangai Composto avançou 0,59%, para 3.326 pontos. O índice Nikkei 225, de Tóquio, encerrou em alta de 1,65%, aos 21.824 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng subiu 1,93%, somando 31.594 pontos. Em Seul, o Kospi teve alta de 1%, para 2.484 pontos.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.