Petrobras: joint venture com a Murphy para atuação no Golfo do México

11 de outubro de 2018 - 10h05
Segmento: Empresas
Fonte: Lopes Filho

A constituição da joint venture se dará através do aporte de todos os ativos em produção situados no Golfo do México de ambas as empresas, na qual a Murphy será a operadora com 80% de participação e a Petrobras, através da subsidiária Petrobras America Inc. (PAI), com 20%. A nova empresa terá uma produção média estimada em torno de 75 mil boed no 4T18. A transação envolverá um valor total de até US$ 1,1 bilhão, a ser recebido pela PAI, com uma compensação de US$ 900 milhões à vista, correspondente à diferença de valor entre os ativos aportados por ambas as empresas no fechamento da operação, além de pagamentos contingentes de até US$ 150 milhões a serem efetuados até 2025 e um carrego de investimentos de até US$ 50 milhões de custos da PAI no desenvolvimento da produção do campo de St. Malo, a ser assumido pela Murphy a partir de 2019, caso determinados projetos de recuperação de óleo sejam realizados. A conclusão da transação depende da obtenção das aprovações governamentais norte-americanas aplicáveis, com previsão de fechamento ainda neste ano.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.