Usiminas: decisão sobre a área da Usina de Cubatão

11 de julho de 2018 - 15h34
Segmento: Empresas
Fonte: Lopes Filho

Questionada pela B3, a Usiminas afirmou que não tomou nenhuma decisão sobre retomar as áreas primárias da Usina de Cubatão. A interpelação da B3 veio na sequência de notícia de ontem do Valor Econômico que, inclusive estimava que a medida custaria quase R$ 1 bilhão em investimentos e demoraria entre um e dois anos para ser efetivada.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.