Vendas no varejo apresentam ligeira deflação em maio

11 de julho de 2019 - 10h23
Segmento: Macroeconomia
Fonte: Lopes Filho

Segundo o IBGE, o comércio varejista nacional mostrou recuo de 0,1% nas vendas no varejo em maio, em comparação com abril de 2019 na série com ajuste sazonal. Na série sem ajuste sazonal, no confronto com igual mês do ano anterior, as vendas cresceram de 1,0% em maio deste ano. Já o acumulado nos últimos doze meses ficou em 1,3% e no ano em 0,7%.

Na série com ajuste sazonal do comércio varejista, seis das oito atividades pesquisadas apresentaram taxas positivas. Os destaques foram para: Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,4%), Tecidos, vestuário e calçados (1,7%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,9%) e Móveis e eletrodomésticos (0,6%). Pressionando negativamente, encontram-se Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-1,4%) e Combustíveis e lubrificantes (-0,8%).

Já o comércio varejista ampliado, que inclui as atividades de Veículos, motos, partes e peças e de Material de construção, avançou 0,2% em relação a abril de 2019. Nessa mesma comparação, veículos, motos, partes e peças registrou queda de 1,8% e Material de construção recuou 2,1%, ambos, respectivamente, após recuo de 0,3% e avanço de 1,6% registrados no mês anterior.

A Novinvest Corretora de Valores Mobiliários Ltda. não se responsabiliza pelo conteúdo, notícias, opiniões, informações, indicações, dentre outros de nossos parceiros e/ou referências.